EU DEPOIS INVENTEI O RESTO

Capa Helder Moura Pereira_V4

EU DEPOIS INVENTEI O RESTO, de Helder Moura Pereira

colecção azulcobalto 013| poesia

28 páginas | 978-989-8592-24-8 | 1ª edição – Junho de 2013 | 2ª edição – Julho de 2013 | PVP: € 6,45

EXCERTO

«Havia quatro meninas
que tinham na garagem
uma mesa de ping-pong.
Quem lhes ensinou tudo
acerca do ping-pong
foi o motorista da casa,
que era muito simpático,
sentava-as ao colo
e fazia-lhes festinhas.»

RECEPÇÃO CRÍTICA / LEITURAS

«Em dezessete poemas, fragmentos ligeiros alcançam por vezes efeitos surpreendentes, capazes de iluminar zonas obscuras de um percurso intrigante, iniciado em voo solo, há quarenta anos, “entre o deserto e a vertigem”. Se procurarmos na história literária os ecos desse “resto” (mencionado no título), encontraremos inúmeros estilhaços; um deles, em célebre poema de Verlaine, finaliza uma arte poética: “e todo o resto é literatura”.»

Edgard P. Reis, in blogue Ideia Subalterna

Anúncios
%d bloggers like this: