Ricardo Neves-Neves

Ricardo Neves-Neves

Ricardo Neves-Neves (Quarteira, 1985)

Diplomado em Teatro-Actores na Escola Superior de Teatro e Cinema. Em 2012, participa no Obrador d’Estiu-Dramaturgia (Barcelona).
Fundador do Teatro do Eléctrico, onde escreve e encena O Regresso de Natasha, Manual, A Porta Fechou-se e a Casa Era Pequena, O Solene Resgate, Mary Poppins, a mulher que salvou o mundo. Encena A Festa, de Spiro Scimone. Escreve Fantoches Gigantes e Delírio non-desvario.
Nos Primeiros Sintomas integra a equipa de espectáculos encenados por Bruno Bravo, Sandra Faleiro e Gonçalo Amorim, com textos de Miguel Castro Caldas, Fernando Villas-Bolas, Emília Costa, Oscar Wilde, Tchekhov, Brecht, Bernard Pomerance, Prokofiev, Alain-René Lesage, Samuel Beckett, Ibsen e Paul Auster.
Nos Artistas Unidos é encenado por Jorge Silva Melo, em A Morte de Danton de Buchner.
No Teatroesfera é encenado por Paula Sousa, Teresa Faria, Paulo Oom, Ana Piu, Rui Luís Brás e José Rui Martins.
Colaborou ainda com Teatro dos Aloés, Comédias do Minho, Cassefaz, Procur.Arte e Casa Conveniente.

Na Companhia das Ilhas:  A PORTA FECHOU-SE E A CASA ERA PEQUENA (colecção azulcobalto | teatro 004)

%d bloggers like this: